quarta-feira, novembro 07, 2007

Dica sobre batatas a murro

Foto de Lifecooler


No fim-de-semana prolongado não cozinhei, era para fazer um bacalhau assado no forno sobre broa migada frita em azeite, com salpicão e cebola crocante, e ficou o bacalhau e a intenção. Mas como os blogues não se alimentam de silêncio, deixo aqui umas dicas sobre como fazer umas belíssimas batatas a murro:

- Use sempre batatas próprias para fritar, normalmente as de polpa amarela. Nos hipermercados fazem distinção entre as de fritar e as para cozer. As de cozer têm a polpa bastante mais dura e não servem de todo.
- Escolha-as pequenas, do tamanho de nozes, e com o mesmo tamanho.
- Previamente, coza-as com casca em água e sal. Se quiser levar mais longe a sua exigência, coza-as em vapor, que é o que eu faço.
- Leve-as ao forno até adquirirem o aspecto de assadas.
- Aqueça azeite com alho laminado, mas sem o fritar. Dê um murro nas batatas e ponha o azeite por cima. Estas batatas são muito borrachonas, e por isso somos obrigados a ter mãos largas no azeite. E depois o que gasta nele poupa em energia.

Verá como as batatas são tão macias. Parecem um puré que só a casca segura.

Etiquetas:

24 Comments:

At 7/11/07 10:32, Blogger Nogueirajcs said...

um murro ou uma pancada com uma colher de pau... ;)

Com bacalhau ou com uma carne assada ou mesmo um peixe grelhado ficam a matar...

 
At 7/11/07 10:37, Blogger risonha said...

obrigado pelas excelentes dicas... é sempre bom aprender alguma coisa com alguém experiente.. o seu blog está um espectáculo!

 
At 7/11/07 10:52, Blogger pipoka said...

Obrigada pelas dicas! Gostei muito da sugestão de cozinhar as batatas ao vapor. Devem ficar super saborosas.

 
At 7/11/07 11:02, Blogger Marizé said...

Esta dica eu vou seguir à risca, pois gosto muito de batatas a murro e sempre que faço fico frustada com o tempo que têm de ficar no forno, assim cozidas préviamente resolve o problema.

 
At 7/11/07 13:41, Blogger Camila Marinho said...

Que delícia!!! Mas me explica uma coisa: há diferença no sabor das batatas quando cozidas no vapor???

 
At 7/11/07 14:50, Blogger Ti Caty said...

Não há nada como a cozinha das nossas avós, mas depois de experimentar fazer batata a murro no microondas(eu que até sou contra microondas)não quero outra coisa. É só lavar bem as batatas, por sal grosso e vai ao micro em potência máxima 1 min cada batata, mexendo de vez em quando, só vos digo, ficam bem boas.

 
At 7/11/07 15:52, Blogger cupido said...

A dica das batatas de polpa amarela é interessante; por acaso já tinha reparado nas diferenças. Eu não faço uma cozedura prévia. Asso-as num forno de alumínio com resistências eléctricas (vulgo, "patusca") que custa cerca de € 20,00. Levam cerca de meia hora a assar e ficam óptimas. O que se poupa em electricidade é imenso.

 
At 7/11/07 18:02, Blogger Caiano Silvestre said...

Com um "gigot" de borrego ou umas costeletinhas do dito, apenas grelhadas com uma pitadinha de sal e regadas com um parcimonioso fio de azeite é manjar dos deuses e meu às vezes!

 
At 7/11/07 18:42, Blogger Flor de Sal said...

Bem ... eu até comia as batatas sem mais nada! Adoro!

 
At 8/11/07 11:31, Blogger Lídia Lopes said...

Ando com umas saudades de batatas a murro. Talvez as faça hoje :)Obrigada pelas dicas.

 
At 8/11/07 22:26, Anonymous avental said...

A mim dá-me gozo o murro nas batatas, JCS Nogueira. Creio que tem o mesmo efeito que as texturas crocantes. Acalma :)

 
At 8/11/07 22:28, Anonymous avental said...

Obrigado, Risonha, o riso pega-se e fico aqui a rir-me contente :)

 
At 8/11/07 22:53, Anonymous avental said...

As batatas a vapor ficam com um sabor totalmente diferente, mesmo cozidas com casca, Pipoka. É um modo decozer pouco utilizado, o certo é que os vegetais ficam uma delícia. Um dia experimento com peixe fresco.

 
At 8/11/07 22:55, Anonymous avental said...

É esse o objectivo, Marizé. Pelo caminho, acontece ficarem também muito macias.

 
At 8/11/07 22:58, Anonymous avental said...

Camila, e que diferença! Basta experimentar.

 
At 8/11/07 23:02, Anonymous avental said...

Ti Cati, vou experimentar - com 1 batata :) -. O microondas dá um jeitão, é um bom ajudante nas minhas aventuras.

 
At 8/11/07 23:10, Anonymous avental said...

Caiano Silvestre, no restaurante Xarroco, em Matosinhos, um belo restaurante de peixe, servem-nas, à laia de entrada, com meias sardinhas fritas. Meia sardinha é a sardinha maior que a petinga e mais pequena que a de assar. Creio que gosto mais assim do que com bacalhau.

 
At 8/11/07 23:14, Blogger Caiano Silvestre said...

E essa é uma combinação que é bem capaz de me seduzir.

 
At 8/11/07 23:15, Anonymous avental said...

Cupido, o método, para mim, não visa tanto poupar energia quanto obter batatas muito macias por dentro e com a casca assada por fora. A grande diferença reside aqui, embora se poupe por tabela bastante energia. Embora não tenha nenhum, esses pequenos fornos dão bastante jeito.

 
At 8/11/07 23:18, Anonymous avental said...

Flor de Sal, comem-se mesmo sem mais nada, umas atrás das outras, com bom azeite e alho.

 
At 8/11/07 23:19, Anonymous avental said...

Lídia, tê-las-á feito?

 
At 11/11/07 17:30, Blogger Telma said...

Oi, gostei muito da lasanha, feita da forma como fizeste deve ficar mesmo saborosa; um dia vou experimentar pois eu e o meu marido gostamos muito de lasanha. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

 
At 30/11/07 14:30, Blogger Chef Spadanini said...

Fiz estas batatas ontem, a acompanhar um bacalhau no forno. Uma delícia!

 
At 22/4/11 18:59, Anonymous Anónimo said...

felicitações pela receita...
quanto ao "pequeno" pormenor de cozer em vapor, tenho a obrigação de afirmar o seguinte, permitam-me...
toda a cozedura fica melhor com o vapor, à excepção do polvo, pois esse fica melhor com a própria água que comporta...
bem hajam...

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home