sexta-feira, abril 06, 2007

Um jantar especial

Não sou lisboeta, nem sequer por adopção, embora quem seja um apaixonado da nossa História se sinta sempre filho de Lisboa. Tal e qual a sua luz única, espelhada pelo Tejo, só é de quem a distingue, alfacinha ou não, tanto dá. Ontem jantei na capital. Aqui fica o cardápio. Depois falarei dele, com imagens tiradas com lata e o que mais se lerá.

Aviso alheio a esta ementa colocada à direita de cada lugar: dois ou mais posts seguidos sobre restaurantes não fazem de mim um crítico à procura do primeiro emprego.

Observação arguta de uma pessoa minha amiga.


Etiquetas:

4 Comments:

At 6/4/07 22:11, Blogger Goretti said...

Fiquei curiosa. Nunca fui a esse restaurante. Mas já ouvi falar bem e também falar mal...
Boa Páscoa
Goretti

 
At 7/4/07 13:27, Anonymous com.er said...

Um dos misteres de Vítor Sobral é o do cattering da executiva da TAP. Não é coisa nada fácil, prever como se vai comportar o prato depois de aquecido nma galette do avião. Mas se há coisa em que Sobral é tido como perito é no domínio da temperatura.

Mas, em relação a este blogue, tenho dúvidas sobre que Sobral seja o paradigma do tipo de criação culinária do Avental.

 
At 7/4/07 18:46, Blogger o avental said...

Goretti, no cômputo final, é bastante positivo, e melhor que qualquer restaurante tradicional onde eu tenha já comido. Se for tão exigente como eu, dará pelas falhas, que perdoará pelo bem que lhe sabe todo o resto.

 
At 7/4/07 19:12, Blogger o avental said...

Com.er, ão há dúvida quanto a temperaturas. Irrepreensível.

Não é o meu paradigama de facto, mesmo na desconstrução da cozinha portuguesa, mas tem excepções. No resto, necessitava de mais surpresas nas ligações (que as teve), de mais arrojo (que mostrou), de ser mais minimalista em alguns pratos. Algumas criações dele seriam perfeitas, se não fosse a tendência para certo barroco farfalhudo e um defeito técnico que me pareceu presente de mais e que apontarei no post a seguir.

De qualquer modo, não só recomendo o seu restaurante, como voltarei lá.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home