domingo, julho 01, 2007

Ginjada

Tinham-me dado 3 kg de ginja na quarta-feira passada, e, na quinta de manhã, o meu ajudante descobriu-me este excelente descaroçador de cerejas por 17 €, parece uma metralhadora a trabalhar, salvo seja, que estas coisas são de paz. Quinta à noite, procurei uma receita nos livros para compota de ginja, que aqui chamei ginjada, que é o mesmo. Nada. Havia uma na Cozinha Regional Portuguesa e outra na Net, copiada ipsis verbis desta, sem lhe fazer referência, como é costume de gente com mentalidade de cuco (a "cuca" põe os seus ovos em ninhos alheios, isto para quem não sabe mesmo nada de pássaros). A receita está mal no livro e, claro, no site. Referem ponto de espadana para o doce, quando deve ser ponto de pérola ou o ponto usual de abrir um risco no prato, como se fazia dantes e ainda hoje continua a fazer-se. Na Net não me admira, que já li ponto de rebuçado para uma compota de cerejas. Havia de ficar linda :)

Usei, para 3 kg de ginja, 3 kg de açúcar e 3 dl de água. Depois de tirar os pés, descarocei num ai, com a maquineta, os 3 kg de ginja. Pus num tacho grande uma camada de ginjas, outra de açúcar, e repeti uma vez esta alternância. Deitei a água por cima. Pus o tacho no bico mais pequeno, em lume brando, e assim que o doce levantou fervura, pu-lo no mínimo, e fui retirando a espuma. Quando atingiu o ponto, passadas umas 5 horas (ponto de pérola, 108ºC ao nível do mar, 110ºC aqui), distribui o doce por frascos lavados e esterilizados no forno a 120ºC durante meia hora. Fechei-os hermeticamente e passei-os por água fria, para o vácuo se fazer melhor. Eram 3 da madrugada, já passava, quando fui deitar-me.

Etiquetas:

18 Comments:

At 2/7/07 01:59, Blogger Agdah said...

Obrigada por postar a foto da tal ginja. Eu não conhecia.

 
At 2/7/07 08:34, Blogger kuka said...

Infelizmente não posso (não devo) comer doces. Mas umas ginjas que a minha avó costumava ter dentro de uma garrafa de aguardente, até que não me importava de abusar um bocadinho. Mas isso já se acabou.

 
At 2/7/07 11:35, Blogger Flor de Sal said...

E deve ter ficado uma delícia!
Parabéns!
Essas ginjas devem ser uma delícia.

 
At 3/7/07 00:17, Blogger Cláudia A. said...

Eu fiquei com água na boca. Deve ter ficado maravilhosa a Ginjada.

 
At 3/7/07 00:56, Blogger Chef Janvier said...

Com frequência passo na A8 ao lado de Óbidos, terra maravilhosa e de boa ginja. Numa das garrafas (que não tenho aqui para dizer a marca, porque já se bebeu tudo!) mais habituais de Óbidos, que trazem o licor de ginja com as ginjas propriamente ditas, refere-se no contra-rótulo que usam açucar em ponto pérola para fazer aquele néctar guloso. Ainda tenho ali um resto de Ginja David Pinto (de Alcobaça, garrafa em cone) que vou beber agora mesmo, que esta conversa abriu a sede.

 
At 3/7/07 11:05, Anonymous Pedro Reis said...

Caro Avental, onde comprou essa maquina?

 
At 4/7/07 10:39, Anonymous o avental said...

Agdá, as cerejas e as ginjas exigem invernos rigorosos para que os gomos das folhas se transformem em gomos florais e haja fruto. Em contrapartida, embora já tenha estado no Brasil duas vezes, há frutos que não conheço a não ser de imagem. E assim o mundo se vai equilibrando com a justiça que existe (na Natureza, claro).

 
At 5/7/07 00:46, Anonymous Anónimo said...

Mestre, há doces que se podem fazer com sacarina e creio mesmo que há um livro publicado cá sobre o tema.

Este ano não fiz ginja, ainda tenho do ano passado.

 
At 5/7/07 00:47, Anonymous o avental said...

Esse anónimo sou eu :(

 
At 5/7/07 01:22, Anonymous o avental said...

Flor de Sal e Cláudia A, um dia ainda teremos uma sala de chá na blogosfera para provarmos os doces uns dos outros :)

 
At 5/7/07 01:28, Anonymous o avental said...

Chef Janvier, uma dia ainda nos encontramos na A8, passo lá todas as semanas :) Conheço esses licores de ginja que de facto são muito bons.

 
At 5/7/07 01:39, Anonymous o avental said...

Caro Pedro Reis, compraram-ma nesta cidade que foi burgo do Infante no séc. XV. É da Tescoma e poderá encontrá-la nesta direcção:

http://www.tescoma.com/port/kde_nakoupite/kde_nakoupite.php

Se quer experimentá-la este ano, tem de correr. As cerejas estão a dar os últimos suspiros.

 
At 6/7/07 13:01, Blogger colher-de-pau said...

Deve ser uma delícia, para comer à colherada... mas com uns crepes ou panquecas também deve ficar muito bom.
Já agora, onde é que arranjou esse "descasroçador" maravilha?

 
At 6/7/07 13:03, Blogger colher-de-pau said...

Pois... Já li onde a comprou!

 
At 12/7/07 21:15, Anonymous Rita said...

Deve ter ficado óptimo..

 
At 16/7/07 22:12, Anonymous Bruno Afonso said...

Viva a ginginha =D especialmente em copinhos de chocolate =P

 
At 30/7/07 00:08, Blogger Nacos & NOC's said...

Descobri hoje umas frutinhas que se chamam "camarinhas" e estou a pensar utilizar a sua receita adaptando-a a estas frutinhas. Obrigado!

***

 
At 8/8/07 22:13, Anonymous omundodascores said...

Vou voltar ca com tda a certeza, adorei o seu blog. PAsse pelo meu e espreite os colares. Um beijinho

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home