terça-feira, junho 19, 2007

Variante de uma variante de fazer polvo


Tinha no frigorífico uns tentáculos de polvo cozido que me deram a ideia. Pus três batatas inteiras sem casca numa panelita com água e sal, e acendi o lume. Entretanto, como parece que gosto de tornar os pratos mais trabalhosos, fiz umas brasas bem acesas e deitei-as, vivíssimas, num púcaro de inox cheio de azeite aquecido. Aquilo até parecia coisa de bruxas. As brasas engalfinharam-se com o azeite, por um momento não queriam ir para o fundo, estrilharam e fumegaram, até que o fumo se desvaneceu e a superfície do azeite ficou em paz, como o mar depois de engolir um barco: escuro e liso, sem se ver nada. Consegui assim um azeite a saber a fumeiro, coisa que li não sei onde e que dá jeito.


Parti as batatas às rodelas de 5 mm de espessura e o polvo mais ou menos igual.


Dispus as rodelas de batata no prato refractário e, sobre elas, as de polvo.



Reguei tudo com o azeite de aroma a fumeiro, temperei o polvo com flor de sal e levei o prato ao forno a gratinar levemente. Polvilhei o polvo com pimentão doce de La Vera, que sabe também a fumo, pus um pouco de salsa bem picada e consolei-me a comer e a ver o azeite fervilhar. O sabor a fumeiro do azeite e do pimentão fez uma ligação esplêndida com o polvo.


É uma variante de outra variante do polvo à galega, que costuma servir-se cozido e assim às rodelas, sozinho, sobre uma tábua, ou então com batatas cozidas na própria água do polvo. A variante, que saboreei num restaurante galego de Madrid era como esta, as batatas cozidas em água, mas o prato sem ir a gratinar, sem o azeite aromatizado, sem salsa e com um pimentão normal, que não tem o aroma a fumo como todos sabemos.

Etiquetas:

11 Comments:

At 19/6/07 14:56, Blogger Caiano Silvestre said...

Isto deve ser giro.

 
At 19/6/07 17:21, Blogger Cláudia A. said...

Polvo é uma perdição. Amei esse negócio de azeite de sabor fumeiro.

 
At 20/6/07 21:52, Anonymous CMF said...

Não sei se será uma variante (a "variante" com batatas). Em muitos livros lá aparecem elas. Depois, ainda há a questão: Pulpo à galega, ou Pulpo feria, qual a designação mais correcta!?

 
At 21/6/07 23:43, Anonymous o avental said...

Caiano Silvestre, um pratinho assim podia ir, não? E depois um dia não são dias.Ou nunca pode "pecar"?

 
At 21/6/07 23:45, Anonymous Anónimo said...

O azeite pode também fazê-lo, Cláudia A. Parecia o caldeirão de uma bruxa quando meti as brasas :)

 
At 21/6/07 23:46, Anonymous o avental said...

esse anónimo sou eu, Claudia A.

 
At 22/6/07 00:04, Anonymous o avental said...

Caro CMF, penso que me expressei mal, a variante não era polvo com batatas, mas polvo com as batatas dispostas como na imagem que pus. A minha passou pois a ser variante de uma que já era variante também.

Penso que o nome mais correcto seja "pulpo a feira", em galego. O Google apresenta nesta forma 27.900 entradas. No castelhano "pulpo a la feria" apresenta só 2.000; "pulpo a la gallega", a forma porque é mais conhecido em toda a Espanha, apresenta 85.500 entradas.

 
At 22/6/07 15:51, Blogger Marcia said...

Penso que a receita é deliciosa, mas sua poesia também é.

 
At 29/6/07 19:00, Blogger Diego said...

Adorei essa idéia. Adoro polvo e esse com batatas é surpreendente. Tudo tão bom quanto o resto que pude ver no blog. Está ótimo. Parabéns!
Abraços
Diego

 
At 2/5/13 01:53, Anonymous Anónimo said...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ achat viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra acheter
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ comprare viagra

 
At 9/6/13 14:10, Anonymous Anónimo said...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis pas her
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis acquisto
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home