quarta-feira, junho 14, 2006

Um cherry e os comentários fechados

Na próxima quinta-feira conto mudar de endereço por causa dos comentários.

Entretanto, no domingo passado, fui ao Lidl e comprei uma garrafa de whisky de malte de 8 anos que vi lá. Custa sete euros e pouco, tem 7 dl e 40º de álcool. Não é nenhum single malt Aldberg de 30 anos, mas serve bem, é 10 vezes mais barato e não se peca contra Dionísio por dar-se uso indevido a esse Aldberg.

Aproveito ter ido ao Lidl para dizer que tenho encontrado nessa cadeia alemã iogurtes de qualidade, como em mais nenhum lado do país. Só que há gente pobre de espírito, que se envergonha de lá ir por ser tudo mais barato. Isto não é publicidade comercial.

Aqui vai pois o que eu poderia baptizar como

LICOR DE CEREJAS EM WHISKY DE MALTE

Num frasco de boca larga de 1,5 l pus 550 gr de cerejas vermelho-escuras, por cima 200gr de açúcar branco, os caroços de 250 gr de cerejas, partidos entre o pano da própria boneca, que depois formei, e por cima o whisky. Fui mexendo o frasco nestes dias para derreter o açúcar, volteando-o, e hoje o açúcar está totalmente dissolvido. Provei a mistura e ficou doce a meu contento. Agora tenho de me esquecer dela até Janeiro, pelo menos. Para estas coisas de bem comer e beber é preciso uma persistente paciência. Podemos filtrar o licor e depois e servi-lo simples, guardando as cerejas para alguma sobremesa, ou servi-lo com elas, de preferência também filtrado (filtro para xaropes, numa farmácia).

Já tinha criado outro licor segundo o mesmo método. De alperce, com um whisky blended normal. Só que piquei a pele dos frutos com um alfinete. Fiz com os alperces, já pronto o licor, bombons que nunca mais esquecerei. Moldei bolas de massapão, amassado com um pouco do licor, bolas do tamanho normal de bombons, encimadas por uma pequena porção de alperce conservado, cobertas depois por chocolate negro Callebaut, do mais amargo, um chocolate de grande qualidade.

Tornarei qualquer dia ao tema dos bombons. Trabalhar com chocolate é complexo e requer algum material e técnicas exactas.

Etiquetas:

1 Comments:

At 18/6/06 03:44, Blogger soledade said...

Hum... Tenho uma amiga que é emérita licoreira. Vou passar-lhe a receita. E esperar pelos bonbons que são mais a meu gosto!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home